Lembrando de lembrar

Se há uma coisa que eu gosto é de organização pessoal. E por isto, acabo por sempre tentar melhorar um pouco mais as coisas usando alguns programas e métodos.

Estes últimos dias estive testando o Habitica que é um programa/jogo ótimo para criação de hábitos mas, nem tanto quando falamos de tarefas. Em compensação, uso a anos o Todoist, que é um app muito bom e, que permite um gerenciamento muito bom de tarefas.

Vou falar sobre esta experiência em outro post, e, inclusive como estou usando o Todoist agora com um Habit Tracker, mas, o que eu vou falar aqui é uma coisa que pode ser usada em qualquer app.

Todos que usam o gerenciamento pessoal sabem que a coisa mais necessária é que as tarefas não estejam guardadas na sua mente. Ou seja, como reza do GTD e a maioria dos métodos que existem por aí, você precisa que suas tarefas ou compromissos estejam guardados em um sistema onde você facilmente ache as coisas.

Só que isto acaba sendo um pouco complicado. Anotar uma tarefa para ser feita daqui a 15 dias, tira a mesma de sua mente e, por sinal, do seu radar. E, daqui a 15 dias, quando você for processar as tarefas diárias ( ou olhar sua agenda ) você pode ser surpreendido por alguma coisa que não se preparou para aquele dia.

Vamos pegar um exemplo clássico. Uma consulta médica. Alguns médicos marcam consultas para 15, 20, 30 dias ou até mais para frente. Como é algo com uma data e hora no dia para ser executado, você feliz anota na agenda ( ou seja, saiu da sua mente e do seu radar ).

Um dia antes ao processar suas tarefas para o dia posterior, você descobre que alocou muita coisa para aquele dia por causa da consulta. Ou seja, você acabou não levando em conta que teria aquele tempo tomado por aquilo.

O mesmo vale para tarefas. Apesar das mesmas serem missões que você pode cumprir ao longo do dia, alguma que tenha saído do seu radar pode tomar muito do seu tempo e, caso você não tenha levado isto em conta no seu planejamento diário ( ou semanal ) pode vir a ter problemas.

O método que eu uso é o “Lembrar de lembrar”. E ele consiste no seguinte. Se eu liguei hoje para o médico ( 17 de abril de 2019 ) e a consulta foi marcada por exemplo, para o dia 17 de junho ( 60 dias para frente ) eu colocaria no meu Google Calendar o horário e dia da tarefa.

No meu Todoist, eu adicionaria lembretes semanais. Ou seja, por exemplo, a cada domingo eu colocaria uma tarefa deste tipo “Lembrar que tenho uma consulta no dia 17 de Junho com o Dr. X” .

E, uns 3 ou 4 dias antes tarefas deste tipo.

Lembrar que tenho consulta depois de amanhã dia 17 de junho e assim, sucessivamente, até o dia.

Para quem é muito atarefado e, por isto, tende a esquecer as tarefas, este método de lembrar de lembrar pode ser ótimo.

E, caso não queira sujar o seu gerenciador de tarefas com você pode usar o Notification Reminder que lhe permite ter notificações no celular em datas e horas que você escolher com os textos que você achar mais pertinentes.

Estou usando este método a um tempo e está me ajudando. Pode parecer estranho mas, é sempre bom ajudar nosso cérebro a manter as coisas realmente necessárias no foco.

Imagem via Pixabay

%d blogueiros gostam disto: