Dicas de Prosperidade 7: aquilo que não me mata, só me fortalece

O título pode parecer um pouco pesado mas é uma frase que demonstra um pouco do que é nossa vida ao longo de todos os anos. Ou seja, nossa força é medida a partir da nossa capacidade de superar todas as dificuldades que nos são apresentadas ao longo de nossa existência.

E infelizmente boa parte de nós ainda tem o hábito de ficar preso ao passado. Já se pegou com o pensamento : “se há um ano atrás tivesse feito isto”, “ah, se eu tivesse feito aquilo” ? Sim, é a prisão ao passado. Aquela prisão que vem do rancor de não aceitar que seus erros poderiam ter sido acertos e, no fim, só serviram para lhe atravancar o crescimento.

Uma coisa que devemos aprender é que tudo que vivemos ao longo de nossa vida existe para nos tornar mais fortes. Ou seja, somos um diamante bruto que ao longo da vida vai sendo esculpido até se tornar algo muito melhor que o seu eu do início.

Pode soar repetitivo e nós já falamos sobre isto. Somos uma nova pessoa a cada seis meses. E, você pode escolher ser melhor ou pior dependendo do modo como você encara sua existência.

Eu sei que é difícil de encarar os seus problemas como aprendizado, mas todos eles são. Se você tem problemas em família encare-os como uma escalada para se tornar mais aberto a discussões com outras pessoas. Pode ser que seus problemas com a esposa por exemplo, sejam falta da capacidade do ouvir.

Tudo que você sofre, te serve como aprendizado. Se você hoje é demitido porque trata de modo áspero seus colegas de trabalho, talvez seja porque você realmente seja assim. Encare isto como um aprendizado e nas suas próximas colocações, mesmo tendo sido derrotado no passado poderá se tornar um modelo a ser seguido pelos seus colegas.

Não ache que eu sempre encarei tudo igual você lê agora e muito menos sei precisar a você quando meu pensamento mudou. Mas nos últimos tempos venho vendo que tudo que graças a todos os problemas que já passei eu me tornei uma pessoa muito mais resistente em todos os sentidos: emocionalmente, financeiramente, socialmente, profissionalmente.

A realidade é que a vida só é interessante quando ela é feita de testes. Não adianta se submeter aquele dia a dia morno, sem dificuldades porque no fim, esta zona de conforto será em breve sua cova.

Comemore quando as coisas estiverem ruins. Uma coisa que dá para aprender com os anos é que se os desafios aparecem é porque você é capaz de superá-los e a partir desta superação você estará escalando um novo degrau.

Sim, porque se sua vida nunca lhe apresentou um desafio e você sempre esteve ali no mesmo lugar, todo dia, sempre, tenha certeza que você nunca se tornou alguém melhor. Você com toda certeza é mesmo de 20 anos atrás, e, portanto, uma pessoa que se sucateou por aceitar a vida como ela é.

Aprenda a abrir um sorriso e enxergar os problemas com outros olhos. Abra um sorriso e enfrente seus dias mais terríveis como se fossem os mais importantes de sua vida.

Deixe que a vida lhe teste. Deixe que as pessoas lhe testem. Deixe que os problemas lhe testem. Porque quanto mais testado você for, melhor você será daqui a 10 anos ou mais. Será uma pessoa muito mais preparada e capaz de enfrentar mais e mais problemas.

Até porque você sabe disto, não é ? Nas rodas de amigos, lhe garanto, você nunca se gabou das coisas que você sempre fez.

Garanto que ali você sempre comentou das dificuldades e com orgulho, falou daqueles momentos difíceis que superou, como uma grande separação, os dias negros de sua empresa que foram superados, a perda de uma casa ou um carro que teve que vende em tempos de dificuldade mas o recuperou tempos depois e diversas outras coisas.

Já notou que temos orgulho disto ? E não é para celebrar o que é ruim não. É para celebrarmos a pessoa melhor que nos tornamos após estas dificuldades.

Portanto, meu desafio de hoje é que você, antes de dormir pegue um papel e anote os momentos ruins de sua vida. Só que pare de olhar com rancor. Olhe com gratidão por serem momentos que lhe ensinaram algo que lhe fez uma pessoa melhor, ou foram simplesmente momentos que lhe foram ponte ou um gatilho para que você abrisse os olhos e melhorasse como indivíduo.

Te garanto que tal qual aconteceu comigo ao final de cada sessão destas de revisão da vida, você se sentirá melhor e notará, que, realmente, tudo isto serviu para lhe fortalecer, e não lhe matar.

%d blogueiros gostam disto: