Dicas de Prosperidade 17: Errou na concepção ou na execução?

Este site vira e mexe recebe emails ou contatos de pessoas que estão muito desanimadas em relação a seus planos, sonhos e projetos. Muitas das vezes porque eles não sairam conforme o esperado.

Não vou dizer que seja alguém completamente realizado, mas, nos últimos tempos tendo convivido com pessoas muito bem sucedidas comecei a mapear alguns padrões que podem vir a ajudar uma série de pessoas.

E com base nisto é quase garantido que, caso seu planejamento tenha falhado em algum momento a chegar no resultado esperado, você pode ter total certeza que o erro foi na concepção ou na execução.

Então que tal dar uma olhada neste texto para que você possa entender em qual ponto você errou ?

Todos temos sonhos que podem e devem ser materializados. Pode ser ter uma casa própria ou uma casa melhor (ou até alugar uma casa melhor se for o caso ), um veículo próprio, mais dinheiro para as despesas, que possa inclusive sobrar um pouquinho mais para o lazer, bem estar pessoal e até, fazer pequenas vontades para sua família.

Podem parecer fúteis para algumas pessoas mas tais desejos são naturais de qualquer pesoa e são perfeitamente possíveis de serem realizados. Mas como tudo na vida é preciso um começo e se você ficar só na vontade o tempo irá passando, o desânimo tomará conta e lá por volta dos quarenta e pouco anos , caso não tenha conseguido realizar nada, entrará naquela famosa crise da meia idade ou até, dos quarenta.

Mas é bom lembrar sempre que idade não importa e ela não pode ser empecilho para que você procure o que quer. Pode ser que você ache que tudo é mais fácil para os outros mas isto é pura aparência pois todas as conquistas tem um preço ( algo que você abrirá mão para conseguir aquilo ) e logicamente, um procedimento a ser seguido ( seja ele diário, semanal ou até, mensal ).

E todo procedimento é dividido em duas etapas: a concepção e a execução. Ao falhar em qualquer uma delas você irá perder tempo, dinheiro e até energia com pouquíssimas chances de sucesso.

E o que é a concepção ?

A concepção é literalmente a decisão sobre o que se quer, a descrição e o levantamento dos prós e contras. Uma pintura na sua sala pode custar menos que uma reforma na casa.

Mas isto pode melhorar a visão dos moradores da casa caso ela esteja em péssimo estado e todos sabemos o quanto é ruim morar em um imóvel em péssimas condições ( algo que atrapalha inclusive sua prosperidade ).

Assim, a concepção pode ajudar você a ser capaz de eliminar desejos que lhe podem lhe fazer mais mal do que bem.

Se a concepção é ‘o que’ e o ‘como fazer’ a execução é o fazer. Uma pessoa que decida perder peso pode conceber um plano que inclua mudança de hábitos alimentares, assistência profissional atividades físicas. Nota dez em concepção, mas…

E assim esta pessoa não vai seguir o que planejou e depois de um tempo estará tão ou mais fora de forma do que antes achando que fracassou. Mas acaba sendo claro que esta pessoa realmente fracassou , mas, para que não ocorra mais é necessário que esta pessoa descubra onde fracassou.

Se concebeu mal ou se executou mal  , e neste caso em específico, executou mal.

O planejamento inicial pode permanecer o mesmo ficando pendente a execução que é o que, neste caso em específico, precisa se trabalhado.

Um sonho, um desejo e um projeto de vida para acontecerem realmente em nossas vidas passam por duas etapas, sempre, concepção e execução.

Portanto para tirar proveito do que estamos escrevendo aqui o que você precisa fazer agora é verificar quais os seus sonhos e desejos que ainda não se materializaram. Após, isto, veja se cada um deles tem um plano.

E os que já foram tentados e não deram certo, analise em quais deles você errou, se foi na concepção ou na execução.

Em tempos de crise um dos melhores exemplos é sempre aquele relacionado a dinheiro. Então, que tal lembrar daquele seu plano de um ano atrás ( ou seis meses ) que veio para tentar aumentar sua renda. Garanto que foi a um bom tempo e você ainda não conseguiu nada ( ou  conseguiu muito menos do que queria ).

O que você precisa verificar é se o problema é o plano ( concepção ) ou a execução que às vezes nem foi iniciada, ou então, feita de modo completamente errado.

O que mais temos na vida são planos mentais que nem saem de nossa fantasia. E com o tempo passando e a vida nos cobrando cada vez mais , acabamos por ver outras pessoas usufruindo de bens e experiências que poderiam fazer parte de nossa vida.

Tomei como metta de minha vida sempre de tempos em tempos ( normalmente mensalmente, trimestralmente, semestralmente e anualmente ) fazer uma série de autocríticas para ver o que eu estou fazendo, seus resutlados e falhas para que eu possa entender aonde eu estou errando, se é na concepção dos projetos ou na execução deles.

Posso garantir que isto está dando muitos resultados. Que tal hoje mesmo colocar tudo no papel e começar a analisar aonde errou ?

Se quiser trocar idéias é só usar os comentários 🙂

 

Fonte da imagem: Pixabay

%d blogueiros gostam disto: