Dica de Prosperidade 10: casais enriquecem ( ou empobrecem ) juntos

Há livros e mais livros sobre este assunto mas garantidamente boa parte de nós não precisa nem de ter contato com um livro para saber que isto é uma realidade, já que casais somam suas capacidades ou incapacidades.

Ou seja, se o casal enriquece a troca entre ambos fará com que isto aumente cada vez mais e se o casal tem tendências a pobreza, ou seja, a falta de prosperidade financeira quando juntos acabarão realmente levando o conjunto a uma piora até maior.

Um casal é uma dupla e, como falamos já em outro post desta série, temos sempre no mundo pessoas que são consumidoras e pessoas que são produtoras. Uma casa sempre terá dois tipos de perfis, ou, no pior caso, terá dois tipos iguais.

Assim, quando duas pessoas tendem a formar um casal estável, vamos encontrar o seguinte perfil ( falamos sobre isto aqui )  :

PESSOA PRÓSPERO POSITIVA que vamos chamar de PPP (ou produtor)
PESSOA PRÓSPERO NEGATIVA que vamos chamar de PPN (ou consumidor)

Assim um casal formado por um PPP e um PPN é uma combinação muito comum, que é onde um põe dinheiro em casa e o outro gasta.

O mais comum, ainda hoje, é vermos o homem provedor ( mas também há casos de casais onde a mulher é provedora  ) e no fim, uma pessoa sem renda procura outra com renda para lhe sustentar, ou pelo menos, lhe manter por algum tempo.

Como o PRODUTOR costuma ser solitário ( tende a estar envolvido demais com seus projetos de geração de renda e trabalho ) a atração entre ambos é inevitável e, acaba sendo uma relação de troca, já que um completará aquilo que falta no outro, gerando um equilíbrio na relação, mesmo que em alguns momentos o embate seja inevitável.

Neste tipo de relação é bom que ambos tenham noção do seu papel nela para que um não cobre aquilo que o outro não pode fornecer e assim, como já dito, o equilíbrio seja mantido.

E é onde devemos nos preocupar com o equilíbrio mesmo. Já que um membro deste tipo de casal completa o outro, o membro que é CONSUMIDOR deve lembrar de cuidar do PRODUTOR. Isto acontece porque o PRODUTOR da relação tende a esquecer de si mesmo pois está muito mais preocupado em prover para seus familiares do que consigo mesmo.

E mantendo este equilíbrio em que um supre as necessidades do outro evitam-se as brigas que podem acontecer devido aos descuidos com as finanças que um membro da relação pode ter.

Portanto, caso você tenha se enxergado neste tipo de relação, tanto como homem produtor e mulher consumidora ou mulher produtora e homem consumidor, lembrem-se, sua relação pode ser equilibrada desde que ambos tenham a capacidade de aprender um com o outro ao longo da sua vida.

Uma relação que tende ao caos é aquela em que ambos são PPN, ou seja, consumidores. Por ser uma relação muito instável, em que ambos tendem a não produzir riquezas elas tende a não ser durável pois não tem como dois gastadores ou não produtores se sustentarem.

Neste casal se ambos trabalham fora, ambos gastam muito e tendem totalmente ao desequilíbrio.

Portanto quer dar certo num tipo de casamento destes ? Seja o PRODUTOR. Ou seja, lute para aprender sobre prosperidade e controle financeiro para conseguir sair do buraco financeiro que é garantido já estar numa relação deste tipo e fugir de ser ajudado por familiares a todo tempo ou então, viver de pequenos golpes ou bicos que é algo que no fim, acaba acontecendo.

Apesar de muitos pensarem que o casal em que ambos são PPP ou seja, PRODUTORES seria o ideal a coisa não é bem assim. Neste tipo de casal há muita disputa interna pois ambos são prósperos financeiramente, mas não tendem a se completar.

Isto ocorre porque ambos são muito independentes, não dependem um do outro, coisa que é muito necessária em uma relação em que um precisa de algo do outro.

Como casais são uma soma ( ou uma subtração ) e neste caso não há uma soma, há simplesmente uma imagem. Ou seja, estes casal tende inclusive a traição por falta de empatia e companheirismo.

Assim, você está numa relação deste tipo e acha que não precisa do seu companheiro ? Que tal lembrar do porque se casaram e porque estão juntos ? Talvez nesta pequena análise chegue a alguma conclusão e lembre que você precisa de algo que o outro pode lhe fornecer.

Portanto, qual a conclusão após ler isto tudo aqui ? Simplesmente que há como casais crescerem juntos e mesmo em relações que tendem ao caos absoluto podem sim tentar ajudar-se e chegar a um equilíbrio.

Resumindo, casais em que o PRODUTOR se casou com um CONSUMIDOR, o caminho para a relação se tornar duradoura é o diálogo e o entendimento entre ambos para que aquele que produz possa ensinar aquele que não gera riquezas como usar bem o dinheiro da famíia para manter a prosperidade. E finalmente, que o CONSUMIDOR tente fazer que o PRODUTOR se esqueça um pouco do servir para também preocupar-se consigo mesmo e os familiares de uma forma mais leve e não tão séria como no dia a dia.

Nos casais em que ambos são CONSUMIDORES , os famosos PPN, um deve assumir as rédeas da situação e aprender sobre prosperidade ( acompanhe este site ) e procure gerir a sua família e chegar a prosperidade.

Nos casais que ambos são PRODUTORES , ou seja, PPP ambos devem parar de se achar a cereja do bolo e tentar achar no seu companheiro os valores que o levaram a escolhê-lo no meio de bilhões de pessoas no mundo. Algo de especial ele tinha já que no fim, como uma pessoa próspera você poderia ter escolhido qualquer outro.

Espero que o texto da semana tenha llhe ajudado em alguma coisa 🙂 Se tiver algo a acrescentar comente, pois irá enriquecer nossos textos.

%d blogueiros gostam disto: